23.8 C
Campo Grande
sábado, 24 fevereiro, 2024

Líder nata dentro e fora de quadra, Bruninha é peça-chave no elenco da SERC/UCDB

A fixa que organiza o setor defensivo, conta com uma técnica apurada aliada a resiliência, de sua garra e dedicação ao futsal, elementos que fazem da capitã uma atleta essencial no grande momento das salesianas na temporada

A data de 16 de setembro de 2023 vai ficar marcada para sempre no coração dos amantes do futsal sul-mato-grossense. O Ginásio Poliesportivo Dom Bosco, foi palco de uma vitória histórica da Sociedade Esportiva Recreativa Chapadão/Universidade Católica Dom Bosco (SERC/UCDB) sobre a Associação Desportiva de Futsal do Distrito Federal/Associação do Pessoa da Caixa Econômica Federal (ADEF/APCEF) pelo placar de 3 a 2 em partida válida pela última rodada da Liga Feminina de Futsal (LFF). Mas a verdadeira emoção ficou para o final, quando as atletas da SERC/UCDB souberam da notícia que estavam classificadas, graças a vitória no confronto direto na rodada anterior contra as Leoas da Serra.

A última rodada da primeira fase da LFF envolvendo os confrontos entre Taboão Magnus x Telêmaco Borba; Guibon Foods/Cianorte x Stein; Female/UnoChapecó x Londrina, Barateiro/Havan x São José e principalmente os duelos entre Leoas da Serra e Unidep/Pato Branco e SERC/UCDB x ADEF/APCEF foram eletrizantes e a classificação final só foi decidida nos últimos instantes, com o termino do último jogo. Mesmo após conquistar quatro pontos longe de Campo Grande diante da Unidep/Pato Branco e Leoas da Serra (empate em 2 a 2 e vitória por 4 a 3 respectivamente), as salesianas entraram em quadra não dependendo somente de suas próprias forças para garantir presença no mata-mata.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Para alcançar a sonhada vaga nas quartas, era necessário vencer o adversário e ainda torcer por pelo menos uma combinação de resultado, em duas das seis partidas que aconteciam simultaneamente na rodada (tropeço do São José diante do Barateiro/Havan ou empate entre Leoas da Serra e Unidep/Pato Branco). Diante do seu torcedor, a SERC/UCDB fez o dever de casa e bateu a ADEF/APCEF por 3 a 2 com gols de Maysa, Thaís Fragoso e Jana para as mandantes e Leti Bittar e Cecys para as visitantes.

No entanto, as jogadoras só puderam de fato comemorar o triunfo após o apito final, quando receberam a notícia do empate entre Unidep/Pato Branco (PR) e Leoas da Serra (SC) em 2 a 2. Com o resultado a SERC/UCDB chegou ao mesmo número de pontos das Leoas, mas como o primeiro critério de desempate era o confronto direto, as sul-mato-grossenses garantiram a classificação para o mata-mata. A fixa Bruninha afirma que o time já estava nos vestiários, conformado com o resultado (da eliminação, naquele momento), quando receberam uma grata surpresa da organização da Liga.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Foi ali nos últimos minutos que a gente ficou sabendo, porque até então, quando acabou ficamos muito focadas no jogo do São José. Quando a gente ficou sabendo que São José estava ganhando de 4 a 1, ali já bateu o desanimo. Ficamos tristes e meio que esquecemos do jogo das Leoas, porque elas também estavam perdendo para o Pato Branco de 2 a 1. Estávamos no vestiário e de repente a Zanny, que é fiscal de arbitragem, grita e diz, Leoas empatou, acabou o jogo e vocês estão classificadas. Primeiro foi tipo um choque e depois muita felicidade, foi uma sensação única”, lembra Bruninha.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Confira a entrevista completa com Bruninha no Papo Sem Retranca dessa semana:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quis o destino que Leoas da Serra e Unidep/Pato Branco, justamente os dois clubes que a SERC/UCDB enfrentou e somou pontos fundamentais para manter vivas as chances de classificação, “morressem abraçados” com um empate improvável das Leoas no “apagar das luzes” que eliminou o oponente, mas não foi o suficiente para a classificação da própria equipe catarinense.

“No momento em que a gente estava triste e desanimado, foi muito rápido para alegria da classificação. Para as pessoas verem o valor que tem o nosso estado, a força que tem o nosso futsal, porque só temos atletas que moram aqui (em Campo Grande) e estamos entre os oito melhores do Brasil. Só quem vive, para poder descrever, porque com palavras é muito difícil. É mais do que uma vitória, é mais que um título”, comemora Bruninha.

Natural de Campo Grande, Bruninha tem 32 anos e há mais de uma década defende as cores da SERC/UCDB, sendo considerada uma jogadora-chave no esquema do técnico Nando. A fixa é sinônimo de talento, raça e acima de tudo espírito de liderança, fruto de um comprometimento de quem se dedica ao esporte desde os 10 anos de idade. Contente com a evolução do futsal feminino de MS, Bruninha lamenta a falta de apoio para o futsal feminino do MS.

“O que falta para o MS chegar (mais longe) eu acredito que é apoio. Um patrocínio forte que mantenha as meninas para que elas consigam viajar para que possam deixar os compromissos delas e estar na quadra conosco. A Aninha e a Dani, merecidíssimo, foram em busca dos sonhos delas (na Espanha) e se você ver, o Operário chegou nos dois anos anteriores e agora nós chegamos (na semifinal da Copa do Brasil) e são duas potências do estado. Não é apenas um time que tem aqui, então tem competividade”, lembra Bruninha.

Capitã do time, a jogadora é uma das remanescentes de parte do elenco, que jogam juntas a quase 15 anos. Foi na base da superação que o grupo se uniu em prol de objetivos maiores, superando todos os obstáculos e enfrentando de frente diversas adversidades que aumentaram gradativamente com a perda irreparável, do ex-presidente da instituição, João Félix.

“Quando o Félix estava presente não tinha essa preocupação financeira e digamos burocrática. O Félix tomava conta, tinha a equipe dele, tinha o pessoal que ajudava ele, fazia toda essa ‘correria’, então, a gente não tinha essa preocupação, nem financeiramente, porque ele corria atrás, buscava patrocínio e acreditamos que ele tirava do bolso dele, porque amava o esporte. E a partir do falecimento dele, como o Nando falou, ficamos órfãos de pai e de mãe, porque a gente teve que abraçar a causa. O Nando teve que virar, Presidente, técnico, roupeiro, fisioterapeuta, tudo que você possa imaginar”, lembra Bruninha.

Com anos de experiência utilizando a camisa 4 tricolor, Bruninha nas horas vagas, também exerce a função de treinadora de futsal na Escola Municipal Irene Szukala em Campo Grande. Questionada sobre o que seria mais difícil, comandar o time dentro ou fora das quatro linhas, ela admite que a responsabilidade do técnico é muito maior.

“É uma outra experiência, uma outra vivencia, porque aí eu fico do outro lado né? Fico do lado de orientar, de ensinar, de mostrar o caminho. Ser treinadora a responsabilidade é maior, você está ali com crianças que tem sonhos, que tem objetivos. Eu dou aula no Aero Racho e você começa a trabalhar ali e você tem 30, 40 alunos e ás vezes você tem que fazer uma seleção, você tem que escolher, optar por um ou por outro e é uma parte bem difícil (de lhe dar)”, relata Bruninha.

Bruninha faz parte do time de guerreiras que além de se desdobrarem em quadra, não podem deixar de lado seus empregos, motivo pelo qual, foi necessário dividir o plantel para poder cumprir com a agenda de jogos da agremiação. “Nenhuma atleta ganha financeiramente na nossa equipe, todas jogam por amor, jogam porque gostam. Nós somos um time amador, todo mundo tem seus compromissos extra-quadra, tem seus empregos. E nesses dois últimos jogos que a gente fez fora (de casa) que encaminhou a nossa classificação para Liga contra Pato Branco e Leoas, nós fomos com sete atletas. Atualmente a gente tem 12 atletas, só que as demais não puderam ir (viajar) devido ao trabalho”, lembra Bruninha.

Apesar da empolgação da classificação épica para Mato Grosso do Sul na Liga, Bruninha, que vive a expectativa de jogar contra Taboão Magnus nos embates decisivos na Copa do Brasil e na LFF precisa virar a chave já na próxima sexta-feira (22) para a disputa a semifinal dos Jogos Abertos de Campo Grande. A “xerife” da defesa salesiana falou sobre a expectativa de atuar no mata-mata e disse como deve ser a preparação para as próximas competições.

“A expectativa é a melhor possível. É um time renomado (Taboão) que ganhou todos os títulos possíveis aqui no Brasil. Um time que tem a base tanto da Seleção Brasileira quanto Paraguaia e é o favorito. Mas acredito que se a gente voltar aos treinos com preparação física, estudar o time delas junto com o Nando e ver a melhor opção de marcação para gente jogar, eu acredito que nós podemos surpreender. Outubro vai ser um mês cheio de jogos, porque vamos ter que realizar os dois jogos da Copa do Brasil, os dois da Liga e mais o JUB´s (Jogos Universitários Brasileiros) e o Estadual (em novembro)”, finaliza Bruninha.

- publicidade -

ISBJJ MS Internacional Cup marca a abertura do Circuito MS de Jiu-jitsu 2024

Neste sábado (24) a partir das 9h (MS), o Ginásio Rádio Clube Campo, em Campo Grande, será palco da MS Internacional Cup Gi &...

Helio Lima se destaca na cobertura esportiva independente em MS

Na última sexta-feira (16) foi comemorado o dia do repórter. Encarar os desafios da reportagem é uma das missões de Hélio Lima, que tem...

Edgar Nazareth confirma saída da diretoria e DEC/Operário pode acabar em 2024

A diretoria do Operário Futebol Clube deve decidir nos próximos dias sobre a participação no Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino Séria A-3. Atual Tricampeão...

Vendas liberadas! Ingressos para confronto entre Portuguesa x Operário estão disponíveis à R$20

A compra de ingressos para o confronto entre Portuguesa x Operário, que acontece às 15 horas do dia 10 de fevereiro, já pode ser...

Preservar o passado com olhos para o futuro: Nelson Antônio projeta reconstrução do Operário com foco no futebol profissional

No mês de janeiro, o Presidente do Operário Futebol Clube, Nelson Antônio da Silva, completou um ano a frente da administração da agremiação. Eleito...

Caçador de talentos do MS, técnico Mateus Sabatine aposta no projeto do Náutico para surpreender no Estadual 2024

No último final de semana foi dado o pontapé inicial do Campeonato Sul-Mato-Grossense 2024. No Estádio das Moreninhas, em Campo Grande, o Náutico foi...

Com uma trajetória de superação, goleiro Matheus de Moura visa retomar seu espaço no Bodoquena Futsal

No último sábado (13) no Ginásio Guanandizão em Campo Grande, o Operário Atlético Clube de Carrapó venceu o Bodoquena Futsal pelo placar de 7...

Glauber Caldas segue no comando da Lusa para 2024

Glauber Caldas está confirmado para a temporada 2024. O técnico campeão pela Portuguesa na Série B do ano passado estará à frente do time...

Operário apresenta elenco e aposta na juventude para retomar a hegemonia estadual na temporada 2024

Na última terça-feira (9) o Operário Futebol Clube “revelou o mistério” e apresentou o elenco profissional para a disputa da temporada 2024. A divulgação...

Congelando Emoções: Fotógrafo Giovani Neves ganha destaque na cobertura de eventos esportivos no MS

Nessa segunda-feira (8) foi comemorado o Dia Nacional do Fotógrafo. A data homenageia o profissional que com o auxílio de uma máquina, reúne elementos...

Alviverde com Preparador Físico Imponente: Bolão acerta com o Náutico para a disputa do Estadual 2024

A pré-temporada 2024 começou movimentada no futebol sul-mato-grossense. Enquanto alguns clubes retornam as atividades logo após a virada de ano, outros “correm nos bastidores”...

Do Operário a Majestade, Sullivan Gonçalves transforma o esporte em arte

Expressar o esporte como arte e transforma-lo em legado para a sociedade, esse é um dos objetivos do artista plástico, Sullivan Gonçalves. Uma iniciativa...

Costa Rica vai representar MS no Campeonato Brasileiro de Futsal 2024

O Costa Rica Esporte Clube (CREC) vai representar Mato Grosso do Sul no Campeonato Brasileiro de Futsal 2024. O anuncio oficial foi realizado pela...

Mulher de Fibra no Futebol Raiz: Narradora Isabelly Melo fez história na Liga Terrão 2023

A final da Liga Terrão 2023 entre WR Hortifruti/Casarão Nova Lima e Vó Maria disputada na Arena Serra Azul em Campo Grande, ficou marcada...

A trajetória de um campeão: Yeltsin Jacques comemora os resultados de 2023 e foca nas Paralímpiadas de 2024

Na contagem regressiva para as Paralímpiadas de Paris de 2024, Yeltsin Jacques comemora o desempenho de MS na temporada de competições de 2023. Após...

Uniforme do Operário para a temporada 2024 será apresentado em evento especial

O Operário Futebol Clube está pronto para revelar seu novo visual para a temporada 2024 do campeonato estadual de futebol, prometendo um evento emocionante...

Portuguesa vence Corumbaense e conquista Série B Sul-Mato-Grossense

Fim de Série B do Campeonato Sul-Mato-Grossense com título inédito. Neste domingo (10), em Sidrolândia, a AA Portuguesa recebeu o Corumbaense FC e venceu...

Portuguesa e Corumbaense decidem a Série B do Campeonato Sul-Mato-Grossense

Dia de decisão na Série B do Campeonato Sul-Mato-Grossense. Neste domingo (10), às 15h, AA Portuguesa e Corumbaense FC decidem o título da competição...

Operário dá salto no ranking da CBF com subida espetacular de 93 posições

O Operário Futebol Clube está em festa! A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) lançou o tão aguardado ranking de clubes e, para alegria dos...

Após conquistar VX1 da Copa Conesul, Manuel Tavares defende título Estadual em Nova Andradina

Após intensas 10 etapas com um total de 20 baterias disputadas, a regularidade de Manuel Tavares pesou na hora da decisão da VX1 pela...

Portuguesa enfrenta o Corumbaense na decisão do Estadual 2023

A partir de agora o ponteiro do relógio dará as últimas 24 voltas até a grande final do Campeonato Sul-Mato-Grossense de Futebol 2023 -...

Dentro e fora das quatro linhas, Danielle Mugarte se destaca junto com as “Donas do Lance” do esporte no MS

Nessa quinta-feira (7) a jornalista Danielle Mugarte completou 26 anos de idade. Dani (como é carinhosamente chamada pelos colegas) se destaca nos veículos de...

Seleção de MS já está na estrada rumo a São Paulo para participar da Taça das Favelas Nacional

Na madrugada dessa quarta-feira (8) por volta da uma hora da manhã, a Seleção de Atletas dos naipes Masculino e Feminino de Mato Grosso...

DEC/Operário conquista o título invicto da Liga Sul-Mato-Grossense de Futsal de Base

No último final de semana no Ginásio Guanandizão, o Douradina Esporte Clube/Operário Futebol Clube (DEC/Operário) venceu o clássico contra a Universidade Católica Dom Bosco...

Surdoatleta de Mato Grosso do Sul conquista primeiro lugar em Surdolimpíada Nacional em Londrina

Com muita inclusão e diversidade, pela primeira vez surdos de Mato Grosso do Sul participaram da etapa nacional da Surdolimpíada, em Londrina (PR). No...

Corumbá e Dourados são campeões da Liga MS de Voleibol 2023

A terceira edição da Liga MS de Voleibol definiu os campeões neste domingo (3). O município de Corumbá, no feminino, e Dourados/Skill Sports, no...

Lusa na Série A: Portuguesa garante acesso antecipado

A Portuguesa venceu o Náutico por 2x1 na tarde dessa quarta-feira (29/11) e fica agora a poucas trocas de passe da grande final do...

Lusa joga hoje em Campo Grande pela semifinal do Estadual

A Portuguesa entra mais uma vez em campo em busca do acesso para a primeira divisão do Estadual. O jogo de ida das semifinais...

UCDB vence o Campeonato Estadual de Futsal Feminino e garante vaga na Taça Brasil de 2024

No último final de semana a Universidade Católica Dom Bosco conquistou o Campeonato Estadual de Futsal Feminino Adulto. Salesianas bateram o arquirrival Douradina Esporte...

No campo e na quadra: Operário defende o Bicampeonato Estadual de futebol e futsal feminino

Neste sábado (25) às 09h (horário de MS) o Douradina Esporte Clube (DEC)/Operário Futebol Clube volta a ação para dar continuidade ao clássico contra...